#hashtag

Mídias sociais e a vida em rede

 -

Ygor Salles é editor-adjunto de Mídias Sociais da Folha

Perfil completo

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Dilma (quase) Bolada em discurso sobre o Dia das Crianças

Por Ygor Salles

O evento no último sábado parecia (e era) sério: um anúncio de investimentos em mobilidade urbana em Porto Alegre. Mas, ‘inspirada’ pela efeméride, a presidente Dilma Rousseff resolveu falar de forma improvisada sobre o Dia das Crianças.

O resultado soou estranho, uma espécie de mistura de Dilma Bolada com Vanuza cantando o Hino Nacional. E virou assunto nas redes sociais na tarde de hoje.

O que viralizou foi um vídeo no Youtube contendo a fala da presidente:

[youtube tlKeSp-EdqA nolink]

A princípio achei que fosse uma edição maledicente para tirar um sarro de Dilma. Mas não: está até na transcrição oficial do discurso no site do Planalto.

“Principalmente porque, se hoje é o Dia das Crianças, ontem eu disse que criança… o dia da criança é dia da mãe, do pai e das professoras, mas também é o dia dos animais. Sempre que você olha uma criança, há sempre uma figura oculta, que é um cachorro atrás, o que é algo muito importante.”

O corte feito tira a frase do contexto que deixaria o discurso um pouco mais factível. A presidente, no caso, estava homenageando a primeira-dama de Porto Alegre, Regina Becker, que é defensora da causa dos animais.

Mas soou estranho da mesma forma, não? 🙂

 

Blogs da Folha