Bairrismo de jornalista gaúcho vira piada na internet

Por Ygor Salles

A passagem da presidente Dilma Rousseff pelo Rio Grande do Sul, no final de semana passado, rendeu mais nas redes do que parecia.

noticiamos aqui mesmo a mistura de Dilma Bolada com Vanuza cantando o Hino Nacional que a presidente fez ao discursar improvisadamente sobre o Dia das Crianças, no sábado passado, em Porto Alegre.

A piada (involuntária, espero) da vez, porém, é de um dos jornalistas que entrevistaram Dilma um dia antes em Canoas, na região metropolitana de Porto Alegre.

Como todo bom gaúcho, o jornalista é bairrista. E deixou isso claro quando a presidente se referia à prisão da brasileira (e gaúcha) Ana Paula Maciel, bióloga e ativista do Greenpeace, na Rússia.

Confira o diálogo:

Dilma: Depois, é o seguinte, prenderam uma ativista do Greenpeace, que é brasileira, lá na Rússia…

Jornalista: Gaúcha.

Dilma: …eu tenho de interceder.  Ao mesmo… Eu, óbvio, que estou intercedendo, ela é…

Jornalista: Gaúcha.

Dilma:: …cidadã brasileira.

Jornalista: Gaúcha.

Jornalista: A senhora manifestou, de… prontamente isso?

Dilma: Olha, nós manifestamos para eles e aguardamos uma resposta.

Jornalista: Foi isso…

Dilma: Óbvio que sim. Ela é uma cidadã brasileira e é minha obrigação.

Jornalista: Gaúcha.

[risos generalizados]

Dilma: Podia ser dos 27 da Federação.

Para quem quiser conferir, pode ouvir o áudio da entrevista no site da Presidência. O diálogo começa por volta do minuto 25 do arquivo.

A fama do bairrismo jornalístico gaúcho é famoso na internet. Gerou, inclusive, o site jornalístico-humorístico O Bairrista –mesmo não sendo dos Pampas, acompanho porque é muito divertido.

E, para concluir este post e provar que de vez em quando a realidade supera a ficção, mostro o Tumblr “sempre tem um gaúcho por aí”, que atesta a capacidade do jornalismo gaúcho de achar “conterrâneos” para dar um toque local a qualquer tipo de informação. Selecionei alguns posts para que vocês sintam o drama: