Ele assumiu culpa de acidente pelo Youtube -e foi para a cadeia

Por Ygor Salles

O tribunal de Columbus, em Ohio (Estados Unidos) condenou hoje Matthew Cordle, 22, por dirigir embriagado e causar um acidente que matou Vincent Canzani, 61.

O rapaz pegou seis anos e meio de prisão, vai pagar uma multa de pouco mais de US$ 1.000 e a perdeu definitivamente o direito de dirigir.

O caso de Cordle ficou mundialmente conhecido por ele ter feito um vídeo em que confessava o crime. O vídeo, que foi postado no YouTube pouco mais de dois meses após o acidente, viralizou e teve mais de 2 milhões de visualizações.

[youtube MmpK_EshSL4 nolink]

Cordle se entregou à polícia depois depois de o vídeo ser postado.

O rapaz disse em depoimento que não se lembrava do que ocorreu no dia 22 de junho, quando ocorreu o acidente. E que, depois de lembrar, resolveu se declarar culpado.

De acordo com as leis de Ohio, a pena máxima que Cordle poderia pegar seria de oito anos e meio de prisão. Não teve a pena máxima porque se declarou culpado e arrependido do crime.