Xingar muito no Twitter também vale com a Fifa

Por Ygor Salles

Hoje ocorreu a segunda fase da venda de ingressos para a Copa do Mundo de 2014, aqui no Brasil. E foi uma zona.

Ao contrário da primeira fase, em que as pessoas se cadastravam para participar de um sorteio de ingressos, hoje foi na base do pega pra capar: conseguia o troféu, ou melhor, o ingresso, quem comprasse primeiro.

Claro que deu problema: o site da Fifa ficou congestionado e muita gente ficou horas tentando comprar. Boa parte delas não conseguiu.

A situação, como é de se imaginar, revoltou quem ficou de mãos abanando. E dá-lhe xingar a Fifa no Twitter –o nome da entidade máxima do futebol mundial apareceu nos trending topics do Brasil devido a isso.

Veja algumas das reclamações:

No final das contas, as sedes com os principais jogos (Rio, São Paulo, Brasília) e boa parte das sedes mais próximas destas, como Curitiba e Belo Horizonte, só tem ingressos mais caros.

E aí o pessoal percebeu que o negócio é se entupir de bacon e virar obeso: para as principais sedes só há ingressos agora para eles e para portadores de necessidades especiais.

Só para constar: é considerado obeso quem tem um IMC (Índice de Massa Corporal) acima de 30. Para retirar o ingresso desta categoria, a Fifa exige um exame médico que comprove essa condição.