Cadê o João?

Por Ygor Salles

Uma das coisas que mais movimentam as redes sociais no mundo inteiro são os programas de televisão. O resultado disso é que elas sempre ganham destaque entre os assuntos mais comentados, ao lado do futebol (aqui no Brasil) e das fãs de determinados cantores e artistas teen.

Neste quesito, o ‘Big Brother Brasil’, já na sua 14ª edição, é imbatível. Porém, ‘Amores Roubados’ conseguiu ofuscar o reality show por diversos momentos. Ontem principalmente, já que foi o último capítulo da minissérie.

No geral ‘Amores Roubados’ foi muito elogiada pelos internautas. e pode-se dizer que foi um sucesso de público –os números do Ibope apontam para isso.

Porém, ontem o pessoal ficou meio cabreiro com o final.

X

Noves fora os elogios para a trama e os atores (tem muita gente suspirando por Cauâ Reymond, Ísis Valverde e Dira Paes por aí), pipocaram reclamações sobre como terminou o programa.

A principal queixa é sobre o fim dado –ou melhor, não dado– ao personagem João, vivido por Irandhir Santos. O cidadão faz (quase) todas as maldades da minissérie a mando de seu padrinho, Jayme (Murilo Benício), e simplesmente some, sem ter um final conhecido, depois de matar um capanga.

Outra reclamação foi o fato de Antônia (Ísis Valverde) não ser emparedada, como ocorre no livro que inspirou a minissérie, ‘A Emparedada da Rua Nova’, escrito por Carneiro Vilela há mais de cem anos.

Mas, como a minissérie no geral agradou, terminamos o post com o pessoal falando bem de ‘Amores Roubados':