Batman, ‘rolezinhos’ e a invasão comunixxxta

Por Ygor Salles

Achei que o assunto dos rolezinhos não chegaria a este blog. Até agora, por mais que se discuta o assunto, a polêmica em torno dos encontros de jovens da periferia em shoppings não havia chegado ao topo dos trending topics do Twitter nem aos termos mais buscados no Google.

Chegou hoje. E o curioso é que foi devido ao único rolezinho ocorrido no Rio, no último domingo, e tampouco tem a ver diretamente com os tais jovens que participam do encontro/evento/protesto/seja lá como vocês chamam isso.

A repercussão se deu com a divulgação de um vídeo em que moradores do Leblon, bairro de classe alta onde ocorreu o rolezinho, discutem com um manifestante famoso na cidade por se fantasiar de Batman.

Não vou explicar o vídeo porque ele é uma zona. Apenas vejam:

Mas gostei de duas partes: quando os moradores discutem se o tal Batman é de esquerda ou de direita e quando uma das moradoras, com um inconfundível sotaque carioca, diz que o existe um ‘plano comunista e totalitarista em curso no país’.

Mas vou deixar que os nossos amigos internautas digam o que acharam do vídeo: