Twitter do Barcelona é atacado por hackers sírios

Por Ygor Salles

O que o Barcelona tem a ver com os conflitos no Oriente Médio? Aparentemente nada, mas hoje foi envolvido por obra de hackers.

Um grupo de ativistas digitais sírios chamado SEA (Syrian Eletronic Army, ou Exército Eletrônico da Síria, na sigla em inglês) tomou na noite de hoje a conta do clube espanhol no Twitter.

O ponto da discórdia entre o grupo e o Barcelona é o patrocinador do clube, o governo do Qatar. Os culés estampam em sua camisa da companhia aérea estatal Qatar Airways, e antes foi patrocinada pela Qatar Foundation.

Estes hackers são aliados de Bashar Al-Assad, e o governo do Qatar apoia os rebeldes sírios na querra civil contra o ditador do país.

Assim que tomou a conta, o SEA publicou uma postagem criticando a ligação do Barça com os qatarianos. “Querida gerência do FC Barcelona, não deixe que os qatarianos banquem vocês, isso [o dinheiro] está cheio de sangue e mortes”, disse o grupo em um tuíte com um inglês um tanto quanto macarrônico.

Barcelona 1

O último ato deles na conta foi mandar um “alô especial” para o Real Madrid, arquirrival do clube catalão:

Barcelona 2

Deve ter sido isso que irritou de verdade o pessoal do clube, pois retomou a conta e apagou os posts dos hackers logo em seguida.