Mauricio de Sousa causa polêmica com foto sobre publicidade infantil

Por Ygor Salles

O cartunista Mauricio de Sousa se viu em meio a uma polêmica nas redes sociais hoje devido a uma foto que postou no Instagram.

Durante a madrugada, o criador da Turma da Mônica reproduziu a foto de uma fã que fez um cartaz a favor da manutenção da publicidade infantil, o que causou reações negativas de seus seguidores.

Na semana passada, o Conanda (Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente) da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República publicou uma resolução que considera abusivo o direcionamento de publicidade para crianças. Para o mercado publicitário, a resolução, na prática, veda a publicidade infantil no país. E, por isso, tenta reverter ou ao menos amenizar o problema. A ver as cenas dos próximos capítulos.

Mauricio de Sousa, que possui uma vasta linha de produtos licenciados, quase todos para o público infantil, também é contra a proibição. A polêmica causada pelo cartunista, porém, não foi pela defesa da tese, e sim por usar a foto de uma criança para este fim.

Maurício

A reação foi imediata. Na própria postagem no Instagram, a maioria das pessoas criticou a foto. “Você não precisa deste artifício, Mauricio”, disse um dos seus seguidores. “Este pedido é tudo por causa de dinheiro”, disparou outro.

No Twitter, o assunto também rendeu pano pra manga.

Devido à repercussão, o cartunista optou por apagar a foto na tarde de hoje.

Procurado por este blog, o cartunista disse que apenas reproduziu a foto que uma fã lhe enviou. “Como sempre valorizei a voz das crianças, nesses mais de 50 anos de trabalho, fiz por impulso, mas isso gerou uma série de interpretações errôneas”, disse. “Há mais de 40 anos, minha empresa faz, sim, publicidade de produtos que levam a marca dos meus personagens. Sempre de maneira responsável e criteriosa, porque nossa preocupação constante é o respeito à criança”.