Levy gera polêmica com opinião sobre união homoafetiva

Por Ygor Salles

O debate de presidenciáveis na Record passava batido nas redes sociais, tirando a concorrência pesada do ‘Teste de Fidelidade’ que era transmitida pela RedeTV! no mesmo horário. Mas o candidato Levy Fidelix resolveu, já ao final do embate, resolveu se tornar o destaque –não exatamente de um bom jeito.

Questionado por Luciana Genro sobre a união homoafetiva, Levy preparou a todos sobre o que diria (“Jogo pesado”) e disse que era contra porque “o aparelho excretor não reproduz” e pregou o “enfrentamento aos gays”. Arrematou dizendo que “jamais vou estimular essa prática.”

A reação nas redes sociais foi imediata. Os termos “Levy” e “aparelho excretor” chegaram aos trending topics no Brasil quase que imediatamente. Logo em seguida, a hashtag “LevyVocêÉNojento” chegou ao topo dos assuntos mais comentados.

Veja algumas das manifestações:

Só para concluir, queria lembrar que, em duas horas de debate, não foi feita nenhuma pergunta sobre educação. Isso diz muita coisa.