Whatsapp, o dedo-duro

Por Ygor Salles

Se você é um usuário do WhatsApp, já deve ter notado que o duplo tique nas mensagens agora fica azul quando a pessoa do outro lado leu a conversa.

A novidade causa um rebuliço nas redes sociais desde ontem, quando a novidade foi implantada. O termo Whatsapp chegou aos trending topics (assuntos mais comentados) do Twitter no Brasil e reluta em sair de lá.

O temor, basicamente, é: acabou a história de ignorar a mensagem alheia e, depois, dizer que não viu. Viu, sim. O WhatsApp, agora, é dedo-duro.

Mas, claro, há quem veja nisso algo positivo: escancarar a realidade.

Ou um alívio porque o WhatsApp (ainda) não dedurou outras coisas.

Houve ainda quem já mostrou alternativas para “burlar” a funcionalidade ou desculpas para o indesculpável.

Ou partir logo para a solução definitiva: