Dilma: você ama ou odeia?

Por aboni

Por Ana Paula Boni

 

#dilmalindaobrasilteama: não se fala em outra hashtag nas redes sociais.

Nasceu há um ou dois dias e, recheada de ironia, é usada por muita gente que quer protestar contra o governo Dilma Rousseff. Sim, você leu protestar.

De ontem até agora, é citada em 37.250 tuítes, ante 3.982 tuítes que usam o #dilmafeiaobrasilteodeia, segundo o site Topsy, que faz esse tipo de medição.

Não dá para se ter certeza de quem criou o #dilmalinda, mas um garoto que diz ser de Bagé (RS) ajudou a espalhá-lo.

 

 

O garoto, que tem mais de 200 mil seguidores, foi citado em post do site O Antagonista, que diz ser hoje o dia do tuitaço da CUT –em manifestações pelo país em defesa da Petrobras e do governo– com a hashtag #dia13diadeluta para competir com o #dilmalinda.

Dê uma olhada em alguns dos posts irônicos ou de uso inverso com o #dilmalinda:

 

 

 

 

E de quem ri da brincadeira ou tenta explicar a ironia…

 

 

 

E ainda do pessoal a favor do governo, usando a mesma hashtag, só que sem ironia, e complementando com o #dia13diadeluta (que foi citado de ontem até agora em 17.883 tuítes) e o #domingoeunaovouporque (citado em mais de 15.680 tuítes):

 

 

 

 

Mas, como tudo nas redes, o #domingoeunaovouporque também ganhou ironia e brincadeiras: