Campanha usa o Tinder para arrecadar agasalhos para moradores de rua

Por Ygor Salles

Por Sarah Mota Resende

20150517 Match 2

Foi-se a época em que o aplicativo de relacionamentos servia apenas para juntar casais descolados — seja para ficadas ou algo mais sério.

Desde o início de abril, o publicitário Luan Dias Almeida, 23, faz do app um novo meio de aliviar o frio de quem vive nas ruas de São Paulo –e não tem acesso a qualquer tipo de tecnologia.

A ideia é doar roupas de inverno e cobertores em vez de carícias, beijos e abraços.

“Com os cinco perfis fictícios ‘Mendingo’, eu dou ‘match’ em todos que estiverem no raio de até 180 quilômetros”, explica o jovem que, sozinho, também recolhe pessoalmente as doações de quem responder positivamente as “investidas”. “Pego onde a pessoa preferir, seja na própria casa ou em algum local público, como o Metro”.

20150517 Match

Posteriormente, todas as peças coletadas são repassadas para o Entrega Por SP, uma organização que cuida de indigentes.

O “Doe Um Match” é fruto de um projeto experimental desenvolvido na Miami Ad School/ESPM, onde Luan faz pós-graduação.

“Em 28 dias, já arrecadamos mais de 1000 peças”, orgulha-se o idealizador, que, pretende expandir sua iniciativa para mais cidades do país.