Zuckerberg comemora desbloqueio do WhatsApp no Brasil

Por Daniela Braga
SÃO PAULO, SP, 17.12.2015: TELES-JUSTIÇA - Por ordem da Justiça, operadoras bloqueiam WhatsApp em todo o país - Após receberem ordem da Justiça, operadoras de telefonia fixa e móvel começaram, após as 23h30 desta quarta, a bloquear o serviço de mensagens instantâneas WhatsApp. A ordem, da 1ª Vara Criminal de São Bernardo do Campo, é que o serviço fique fora do ar em todo o país por 48 horas, a partir de 0h desta quinta (17). (Foto: Igor do Vale/Folhapress)
Por ordem da Justiça, operadoras bloquearam WhatsApp em todo o país  (Foto: Igor do Vale/Folhapress)

O CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, que nesta quinta-feira (17) criticou a decisão da Justiça de bloquear o WhatsApp em todo o Brasil por 48 horas, voltou a falar sobre o assunto, mas, desta vez, para comemorar o desbloqueio.

“WhatsApp está de volta no Brasil! Suas vozes foram ouvidas e o bloqueio foi suspenso. Obrigado à nossa comunidade pela ajuda para resolver isso!”,  escreveu em sua conta no Facebook.

O post de Zuckerberg celebra a ação do desembargador Xavier de Souza, da 11ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de São Paulo, que determinou  o desbloqueio do aplicativo. Por volta das 12h, o WhatsApp voltou à ativa no país.

A restrição que começou à 0h foi uma represália da Justiça contra o app em razão da recusa em cumprir determinação de quebrar o sigilo de dados trocados entre investigados criminais.

Mais cedo, Zuckerberg não poupou palavras duras. Disse que a empresa estava “trabalhando duro” para reverter a situação e que se tratava de um “dia triste para o país”. Leia a íntegra da postagem aqui.

E, claro, aproveitou a oportunidade para sugerir aos internautas que continue dentro de seu império, já que o Facebook comprou o app de mensagens por US$ 16 bilhões no ano passado: “Até lá, o Messenger continua ativo e pode ser usado para troca de mensagens.”