É um apanhado de cacarecos para trazer diversão em tempos de intolerância, diz criador da Foca da Meia-Noite

Por Sarah Mota Resende

Quem assiste ao telejornal Bom dia Brasil, da rede Globo, já sabe. Quando chega o último dia útil da semana, o apresentador Chico Pinheiro costuma soltar um bem-humorado “hoje é sexta-feira, #HashtagGraçasADeus”. De uns tempos pra cá, o bordão vem seguido da explicação “como a Foca da Meia-Noite já anunciou”.

Mas nada de Chico Pinheiro. Falamos aqui da criação do publicitário Ronaldo Monfredo, 42, o humano responsável pela Foca da Meia-Noite, perfil fictício de humor nascido e criado nas redes sociais.

Ronaldo Monfredo/Arquivo pessoal
Ronaldo Monfredo/Arquivo pessoal

Diariamente, no primeiro minuto do dia, Monfredo publica uma espécie de videoclipe cujo carro-chefe é uma foca que aparece girando numa piscina com um saxofone. Na esteira do animal marinho, os vídeos também contemplam um gato que toca piano, um cachorro na bateria e outro dançando sobre duas patas, entre outras bizarrices.

“É um vídeo em que ela toca um trecho da música Careless Whisper, do George Michael. Achei vagando pela internet e gostei tanto que postei no Twitter mais de uma vez. Quando não colocava, os seguidores me cobravam”, diz o paraense que mora em São Paulo há mais de 20 anos e que também assume o Samara7days, página do Twitter que possui notórios 50 mil seguidores.

O tímido empurrão abriu brecha para uma ideia maior. Inspirado em rádios antigas cujo horário da madrugada era destinado às love songs, Monfredo resolveu mudar de música a cada publicação, que passaram a ser feitas sempre depois da meia-noite, numa página própria. “De início, a ideia original era usar só músicas românticas, mas hoje a Foca toca tudo que seja conhecido”.

Seu maior sucesso se dá no Facebook, rede social na qual já tem cerca de 180 mil curtidas, desde que foi criada, em 15 de julho de 2016. Mas a celebridade também está presente no Twitter, Instagram, Snapchat e YouTube. E, assim que incorporou o “slogan” de Chico Pinheiro nos vídeos de sexta, ganhou também espaço na tela da televisão.

Até hoje, o vídeo mais visto foi o rock, adaptado ao sax, claro, Wake Me Up When September Ends, da banda americana Green Day –quase 6 milhões de visualizações. Graças a versões gringas, a Foca também contempla fãs estrangeiros e já até legendou canções brasileiras em inglês –caso da música A Roda, da cantora Sarajane. “Hoje teve legenda para que nossos amigos de fora do Brasil entendam um pouco da nossa insanidade”, explicou.

PISCINA DA FOCA

Tanto feitos levaram a Foca a ser cogitada por anunciantes. Monfredo garante que já recebeu propostas para fazer publicidade, mas até agora não fechou nenhuma porque nada se encaixava na ideia da página. Mesmo assim, assegura estar aberto a parcerias, desde que não sejam invasivas e que consigam entrar na brincadeira.

Só não vale falar de política, assunto proibido na página. “A foca foi criada exatamente para trazer um pouco de diversão nesses tempos de tanta intolerância e desgaste emocional. A página é um refúgio, que traz paz para os seguidores e pra mim também. É um apanhado de cacarecos para trazer diversão em tempos de intolerância”.

O processo de edição dá trabalho, mas é divertido e gratificante, assegura Monfredo, que tem noções básicas de edição de vídeo, mas sabe que versões caseiras, com uma pitada “trash”, deixam a produção mais divertida.

Os trâmites todos levam de duas a três horas para ficarem prontos e é preciso extrair o som do sax das músicas escolhidas em um aplicativo específico. “Eu até já me emocionei montando alguns vídeos de tão lindas que são as versões só no instrumento. O som do saxofone e as imagens dos bichinhos provocam bem-estar. E as músicas que resgatam boas lembranças também já nos ajudaram a curtir uma boa fossa”.

Aos mais ansiosos, Monfredo incrementou a página com a “piscina da Foca”, um post que vai ao ar a partir das 23h e que serve de ponto de encontro e interação para quem aguarda o hit do dia.

Piscina da Foca/Reprodução Facebook
Piscina da Foca/Reprodução Facebook

O intuito inicial era manter a Foca ativa até o fim do ano, mas os planos já parecem ter mudado. “Imaginei que o perfil não fosse durar mais do que um ou dois meses fazendo sucesso. Ainda me impressiona o crescimento da Foca”.

Fardo de fenômenos pops instantâneos, Monfredo sabe que esse sucesso costuma ter vida curta. Mesmo assim, também está ciente de que a internet é terra imprevisível. “Imagino que o sucesso mesmo fique em 2016, mas vai saber…”.

TOP 10 (PELO MENOS ATÉ O MOMENTO…)

Wake Me Up When September Ends

Smells Like Teen Spirit

My Heart Will Go On

A Roda

Titanium

Bohemian Rhapsody

É Tarde Demais

Fico Assim Sem Você

Love by Grace

I Will Survive