Decisão do STF acirra debate entre internautas pró e contra o aborto

Por Mateus Luiz de Souza

Na noite desta terça-feira (29), enquanto o país assimilava o baque da tragédia no voo da Chapecoense e se preparava para temidas votações na Câmara e no Senado, uma decisão no STF (Supremo Tribunal Federal) abalou o noticiário. A maioria da primeira turma firmou o entendimento de que praticar aborto nos três primeiros meses de gestação não é crime. Votaram assim os ministros Luís Roberto Barroso, Rosa Weber e Edson Fachin.

A decisão refere-se a um caso específico, em um habeas corpus que revogou a prisão preventiva de cinco pessoas que trabalhavam numa clínica clandestina de aborto em Duque de Caxias (RJ), mas pode ser considerada um passo à frente na descriminalização do ato, desde que no início da gravidez.

Embora a decisão tenha se dado em um caso específico, outros magistrados, de outras instâncias, poderão adotar o entendimento da primeira turma do STF.

A repercussão continua nesta quarta-feira (30). Tornaram-se Trending Topics (assunto mais comentado) o termo ABORTO SIM” e a hashtag #abortonão, com pessoas prós e contra a decisão. Confira o que cada lado defendeu.

ABORTO SIM

#abortonão