‘Inacreditável’, ‘horror’ e ‘viagem no tempo’: internautas repercutem fala de Temer sobre mulheres

Por Sarah Mota Resende

Para Fátima Pelaes, secretária nacional de Políticas para as Mulheres, a gafe de Michel Temer é ‘realidade’. Para Henrique Meirelles, ministro da Fazenda, nosso presidente constatou ‘um fato’. Na mesma linha de defesa, deputadas governistas também aliviaram o lado do peemedebista –“As donas de casa são as primeiras que sentem quando aumenta o preço da batata”, disse Soraya Santos (PMDB-RJ).

Não é possível esquecer o que mandatário disse, mas a gente retoma. Nesta quarta-feira (8), Dia Internacional da Mulher, durante evento em Brasília que celebrava a data, o presidente Michel Temer afirmou que tem “convicção do quanto a mulher faz pela casa” e da importância da figura feminina para a formação dos filhos que, segundo ele, é “seguramente” de responsabilidade da mãe.

“Tenho absoluta convicção, até por formação familiar e por estar ao lado da Marcela [Temer], do quanto a mulher faz pela casa, pelo lar. Do que faz pelos filhos. E, se a sociedade de alguma maneira vai bem e os filhos crescem, é porque tiveram uma adequada formação em suas casas e, seguramente, isso quem faz não é o homem, é a mulher”, declarou o presidente em seu discurso de pouco mais de dez minutos.

Se os aliados minimizaram o constrangimento, o mesmo não se pode dizer dos internautas. Pelas redes sociais, foi forte a reação dos usuários contra as declarações de Temer. “Como pode um discurso tão machista vindo de um presidente?”, indagou uma navegante do Twitter.

X