A greve geral do dia 28: pessoas pró e contra a paralisação manifestam-se nas redes

Por Mateus Luiz de Souza

A greve geral marcada para esta sexta-feira (28) por diversas categorias profissionais promete ser um dia bastante movimentado no Brasil. Por exemplo, a maior parte do sistema de transporte público em São Paulo deve ser afetada com a adesão de metroviários, ferroviários da CPTM e motoristas de ônibus. A Justiça, no entanto, concedeu liminar contra as paralisações.

O assunto já está nas redes sociais há algum tempo, mas tornou-se mais popular no meio desta semana, com mensagens pró e contra a greve. Separamos algumas hashtags que ficaram entre os Trending Topics no Twitter, acompanhadas do número de tuítes:

#EuApoioAGreveGeral: 50 mil, a partir de quinta-feira (27)
#NestaGreveEU: 10 mil, a partir de quarta-feira (26)
#GreveSIM: 5 mil, a partir de quinta-feira (27)
#GreveNÃO: 3 mil, a partir de quinta-feira (27)

(É importante lembrar que o número de tuítes não significa o número total de apoio contra ou a favor, pois muitas vezes alguém contra a greve usa uma hashtag a favor, e vice-versa).

No Facebook, matérias sobre a greve geral dos principais portais de notícias brasileiros lideram o engajamento (número de curtidas, comentários e compartilhamentos) durante toda esta quinta-feira, segundo ferramentas de monitoramento digital utilizada pela redação.

Curiosamente, no Google Trends (ferramenta do Google que permite verificar quando há um aumento brusco na pesquisa de um termo), apenas o 43º resultado (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) está relacionado à greve.

A seguir, separamos sete tuítes de internautas (inclusive alguns famosos) contra e a favor da greve geral.

E você, qual sua posição?

Prós

Contras

X