Gafe de Bonner chamando Temer de ex-presidente e cartaz ‘eu votei na Dilma’ põem ‘JN’ nos memes

Por Mateus Luiz de Souza

Em meio a onda de memes que rapidamente inundou a internet após a notícia de que o presidente Michel Temer foi gravado dando aval para comprar o silêncio de Eduardo Cunha, preso desde o ano passado, e que Aécio Neves pediu R$ 2 milhões a Joesley Batista, dono da J&F, controladora do grupo JBS, o “Jornal Nacional” desta quarta-feira (17) seria histórico. E, além do noticiário político explosivo, ele próprio acabou “notícia” nas redes sociais.

Primeiro, com uma gafe do apresentador William Bonner, da “TV Globo”, que chamou Michel Temer de “ex-presidente”.

Um pouco depois, a repórter de política Zileide Silva, ancorada em Brasília, entrou ao vivo da capital federal. O que chamou a atenção, no entanto, foi um cartaz ao fundo escrito “Eu votei na Dilma’. Conforme o cinegrafista tentava se desvencilhar, a mulher com o cartaz em mãos se mexia, para sempre aparecer na tela. Rapidamente, os internautas repercutiram:

Confira memes da gravação de Temer

X