Internautas coroam Joesley Batista como o ‘salvador da pátria’

Por Sarah Mota Resende

A bomba estourou na noite desta quarta (17).

Se não foi a delação de Eduardo Cunha, o chamado “homem bomba”, a responsável por explodir o país, foi a calada do peemedebista que falou mais alto –com o perdão do trocadilho.

Estava em Marte e agora não entende nada? Tudo bem, a gente explica!

O presidente Michel Temer foi gravado por Joesley Batista, um dos donos do grupo J&F, proprietário do frigorífico JBS, falando sobre a compra do silêncio do ex-deputado federal, que está preso em Curitiba (PR). A informação foi divulgada na noite desta quarta (17).

Segundo Batista, o presidente disse: “Tem que manter isso, viu?”.

Executivos do grupo também afirmam que o senador Aécio Neves (PSDB-MG) foi gravado pedindo R$ 2 milhões ao empresário para pagar sua defesa na Operação Lava Jato.

O que se sucede a partir daí é um mar de incertezas. Temer vai cair? Quem assume? Podemos ter eleições diretas? O país vai parar?

Só não podemos duvidar da importância dele, Joesley Batista, nessa história toda. O nome do dono da J&F caiu na graça dos internautas brasileiros e o empresário foi alçado ao posto de herói nacional por sua delação. “Meu filho vai ter nome de santo: Joesley”, disse um navegante do Twitter.

Confira memes das gravações de Temer 

X