Nas redes, até o MBL se assustou com promoção e novo salário de filho de Mourão

Mateus Luiz de Souza

A notícia de maior repercussão desta terça-feira (8) está sendo a promoção de Antonio Hamilton Rossell Mourão, filho do vice-presidente Hamilton Mourão, que será assessor especial do presidente do Banco do Brasil.  Com o novo cargo, ele mais que triplicará seu salário, passando a ganhar R$ 36,3 mil por mês. A nova função equivale a um cargo de executivo.

A medida causou espanto até no MBL (Movimento Brasil Livre), um dos principais fiadores do impeachment de Dilma e da candidatura de Jair Bolsonaro (PSL).

Eleitor de Bolsonaro chamou medida de “ato não muito ético”

Paulo Martins, suplente de deputado federal, e que usa em seu perfil uma foto com “Endireita Brasil”, chamou a medida de “erro político”.

Como já dizia o antigo ditado

O usuário abaixo relembrou um vídeo que viralizou na época das eleições. Era dancinha em uma praça pública de Fortaleza feita por apoiadores de Bolsonaro. Na letra, “Lula mentiu para o Brasil inteiro, PT roubou todo nosso dinheiro, mas o Brasil acordou, o gigante levantou”.

Estado máximo

Felipe Neto, influenciador que chamou atenção na época da eleição por postagens contra Bolsonaro, comentou a “coincidência”

Quase R$ 36 mil por mês

Ôôô vida de gado

É preciso limpar o terreno

E a casa

Filme Bird Box já entrou nos memes

Meritocracia

DEFENSORES

Nem todo mundo, porém, criticou a medida. Houve quem a defendesse.

E lembrasse dos filhos do Lula

Acompanhe o #Hashtag e fique por dentro do que rola nas redes sociais!